A criação da cidadela de Coronar foi cercada por dezenas de lendas e mitos, porém, uma delas em especial possui uma grande importância para o folclore local. Conta-se que nos anos de barbárie, quando a cidade foi erguida pelos impetuoso desbravadores, um poderoso dragão atacou os moradores com toda sua fúria. Após destruir as mais imponentes construções e matar os guerreiros com maior valentia, a fera passou a oprimir os habitantes com pesados impostos e sacrifícios. Foram anos de servidão e sofrimento. No entanto, um clérigo que anos atrás tinha partido de Coronar, em busca de um poder capaz de derrotar o dragão, finalmente voltou, trazendo consigo uma orbe mágica de terras distantes. Com esse item, ele desafiou o monstro e o derrotou, expulsando para sempre o infame senhor maligno de sua terra natal. O clérigo foi aclamado como o maior herói de Coronar e teve um templo erguido em sua homenagem. Dentro da sagrada construção foi depositada a orba mágica que, acredita-se a cultura local, é a única responsável por manter o dragão longe das muralhas da cidade. Séculos depois, a história se tornou lenda. Entretanto, o templo e a orba foram mantidas com todos os cuidados pelos governantes por todos este anos. Em homenagem a essa data, é comemorado sempre no início do solstício da primavera, o Dia do Dragão; uma festa onde os moradores comemoram sua liberdade. Dizem os sábios que o dia da festa coincide exatamente com a data que houve o confronto entre a fera alada e o guerreiro sagrado.

No Dia do Dragão, a maior festa da cidade de Coronar, a orbe mágica do lendário clérigo da cidadela é roubada! Sem a proteção do item mágico, acredita-se que o dragão mitológico pode atacar a qualquer momento!

[AV] A Orbe do Dragão

Imagem central post tallonhc rochex